sexta-feira, 25 de maio de 2018

Homem, meça as suas posses, não seja refém da ganância!

Resultado de imagem para ganancia


      99.Homem, meça as suas posses, não seja refém da ganância!


“Ó tu, que habitas sobre muitas águas, rica de tesouros! É chegado o teu fim, a medida da tua ganância.” Jeremias 51:13
 Ninguém precisa subir às estrelas em busca de sonhos longínquos se tudo o que sonha está aqui na terra, perto das mãos, bastando apenas um simples movimento de músculos para alcançar.
Ninguém deve viver obstinado pela ganância!
Contente-se com o volume de posses que seus olhos podem ver, os braços alcançar e a cabeça administrar. Para que ser ganancioso, possuir patrimônios incontáveis e deixar por conta de mãos alheias,  correndo o risco de dilapidação e ver as posses escoarem pelo ralo?
Todos nós podemos sonhar em conquistar mil coisas e viver em abastanças. Todavia, devemos acordar para a realidade de esforçar-nos, conquistar e tirar bom proveito das conquistas. Mesmo que sejam poucas. E devemos nos lembrar que após a morte nada levamos e tudo fica para, talvez, alguém que não moveu uma palha...
Reflita por esse prisma: nenhum humano viverá uma vida para, juntando os tesouros da ganância pensar que sua riqueza será passaporte para a vida eterna!
Lembre-se, por fim, que você, igual a todos nós, somos seres voláteis, breves qual a lembrança que fica do hóspede de um dia. Somos igual poeira sacudida ao vento, ou mesmo um olhar para uma nuvem, que num segundo olhar desapareceu...
Prof. Inácio Dantas
(do livro “5 Minutos para Deus”)

sábado, 12 de maio de 2018

Como foi o seu dia ontem? Não importa, hoje ele será espetacular!



Como foi o seu dia ontem? Não importa, hoje ele será espetacular!

Se você quer que hoje o seu dia seja tudo de bom, concentre o seu querer para torná-lo real. Não se preocupe com o dia de ontem: se foi bom, mantenha as boas vibrações e melhore-o; se foi ruim, apague-o da lembrança e reconstrua-o. Para isso, reescreva-o com a caneta do bom proceder, pois o bom proceder é a bula papal da felicidade.
Cada dia de nossa vida tem uma característica, uma peculiaridade. É como se u´a mão invisível viesse guiar nossos passos. E são dois os caminhos: o das coisas certas e das erradas. Como temos livre-arbítrio, às vezes nos desgarramos e damos passos pelos caminhos do erro...
Analise os erros cometidos, reflita onde errou e trace estratégias para não mais errar. Fazer o certo é uma lanterna para iluminar o caminho escuro das desventuras e do outro lado encontrar o esplendor de um novo tempo.
Seja resoluto. A partir de agora eleve seu astral. Crie uma nova mentalidade, novas metas e diretrizes a fim de tornar o seu dia, e os futuros, espetaculares. Não se desvie pelas esquinas da impaciência, e evite pensamentos que se contraponham ao seu objetivo maior.
Entre em sintonia com a paz e o sossego e inspire-se para realizar bons trabalhos. Com essas boas atitudes, não tem erro, seu dia vai melhorar. E, enfim, o crepúsculo cinzento se fechará no palco da noite e o astro-rei surgirá abrindo as cortinas para o alvorecer de um dia espetacular!

Reflita: 

O semear de boas ações hoje permitirá a colheita de excelentes dias amanhã!

Prof. Inácio Dantas
do livro "Semeando dias Felizes!"

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Calma, o tempo é um líquido que escorre lentamente, gota a gota...


Calma, o tempo é um líquido que escorre lentamente, gota a gota...

O tempo é o eixo central da vida e tudo gira à sua volta numa ação ininterrupta, sem fim. Ele é o senhor das mutações, nascenças, perecimentos. Invisível, veloz, inestancável... A ave mais veloz não voa mais rápido que o vento; e o vento mais veloz é um leve sopro na boca do tempo... Eis, portanto, a verdade inquestionável: não há, no mundo, relógio nenhum cujos ponteiros girem tão veloz quanto o giro do tempo.

Por conseguinte, a receita é única: calma. Calma porque seu deslocamento físico no espaço é limitado. E mais, correr nos trilhos da pressa é ser atropelado pela locomotiva da imperfeição. Considere, pois, que o universo cósmico não irá alterar seu ritmo só porque você está apressado.

O dia e a noite, embora irmãos astrais, jamais veem um ao outro. Cada qual surge e desaparece a seu tempo. É assim a sequência lógica das coisas, uma espiral evolutiva, para frente. A consecução dos fatos é ordenada numa cronologia tal que nada acontece na véspera. Por isso, calma, programe-se e aja. Reserve um tempo para cada coisa, para cada coisa um tempo. Evite fazer isso e aquilo numa fração de minuto, num único movimento, numa só “tacada”. Faça por etapas, com projeto prévio, dimensionando o tempo. Ao final você será brindado com algo bem feito e no tempo aprazado. 

Ah! O tempo! Aproveite-o enquanto borbulha na taça da juventude. Beba-o em goles calmos, gota a gota, ele é um líquen saboroso. Depois que o cântaro esvazia nada mais resta, senão vivas lembranças do dúlcido sabor do tempo perdido...

Quer sugestão melhor para saciar sua vida de dias felizes?

Reflexão:


A impaciência é o êmbolo propulsor do erro. Um dia longo, onde você “curte” cada segundo prazerosamente, resulta de ações acertadas – calmas, pacientes e tranquilas.

Prof. Inácio Dantas
do livro "Semeando Dias Felizes. Reflexões Filosóficas"




sábado, 24 de fevereiro de 2018

Vida feliz: dias edificados sobre a rocha da verdade.


Vida feliz: dias edificados sobre a rocha da verdade.

A mentira que alguém contar agora por quanto tempo perdurará? Vá lá, foi uma mentira bem contada, impactante, que causou boa impressão e até acreditaram... Mas, será só uma questão de tempo, pois a essência de toda mentira tem vida efêmera. Ou alguém acha que será eterna? Talvez até antes do próximo pôr do sol tudo estará esclarecido: a verdade virá à tona como, na água, uma boia cheia de ar. E todos os créditos obtidos antes, agora serão transformados em débitos, acrescidos de juros... Tentar fazer de uma mentira, verdade, é o mesmo que sob neves tentar esconder brasas: impossível.
Nenhuma mentira deve ser expressada pela boca daqueles que têm veneração cristã, compromisso com a família, respeito à sociedade e a si mesmo. Pois, ao ser desmascarado, como ficarão suas relações com Deus e os amigos? E como o serão os dias futuros, visto que as palavras do instante foram uma onda fugaz?
Não há como sustentar uma sequência de dias em altoastral lastreados em falácias. Toda mentira, por mais forte que seja é frágil como um sopro; já uma verdade, mesmo sutil, é poderosa como um tufão. Por conseguinte, dias afortunados, por um tempo infinito, são sustentados por atos e palavras esculpidas na rocha da verdade.
Em qualquer ambiente, e sob qualquer circunstância, use a oratória da verdade. Pode ser custosa, difícil, doída, mas o será uma única vez e seu efeito positivo irá repercutir para sempre!

A verdade, não importa o tempo, pessoa ou lugar, é qual uma coluna de concreto erguida sobre a rocha. Os ventos procelosos da mentira tentarão derrubá-la, mas ela permanecerá, firme, inabalável, hoje, amanhã e por todo o porvir!
Prof. Inácio Dantas
Do livro “Semeando Dias Felizes. Reflexões Filosóficas – Completo”


domingo, 31 de dezembro de 2017

Felicidades em 2018, 2019, 2020....


Prece para perpetuar a felicidade

“Senhor,
eis-me aqui, frente a frente. Sua presença sinto-A nas alturas; minha presença vê-a na submissão do meu corpo. Olhos cerrados, silêncio profundo, mente compenetrada, pensamento elevado. Minha mão direita persigna-me, meu coração pulsa alegre, o chão sinto-o nas dobras do meu joelho. Oro um pai-nosso, entoo um cântico dos Salmos e louvo-O, melodiosamente, num hino de agradecimento por olhar-me, ouvir-me e pela dádiva da felicidade.
Senhor, permita transbordar, pelas palavras e cânticos, veias e poros, visões e sensações, os doces aromas do gozo da tenra felicidade!
Quantos no mundo creem-se felizes, pensam que são o centro do mundo e que a existência das coisas, cores, sabores, formatos são apenas meras coincidências do cosmos, nada mais. Não sabem, Senhor, que Sua laboriosa mão é a autora de tudo que existe e de tudo que existirá. E aí se inclui os eternos e doces regalos da felicidade.
Ah, Deus meu, como é bom ser feliz, matéria e espírito, na unidade do ser, como o polen e a flor, a hóstia e a fé, o ontem e a eternidade, pois a completude terrena é o inspirar da vida, e o Seu amor, a Sua bondade, os Seus ensinamentos são o ar bendito.
Peço-Lhe, não permita o ouro riquíssimo da felicidade, qual areia fina, transformar-se em pó e escorrer-se entre meus dedos. Quero muito a felicidade, e muito quero que ela me queira. Atenda-me, Senhor, abençoa-me se justo for meu merecimento.
Rogo-Lhe, que esse êxtase que me deslumbra, a felicidade, seja minha veste existencial. E que, com o mesmo calor, eu agasalhe a quem sou amado e aos que eu amo. E, hoje e por todo o sempre, os regozijos maviosos da felicidade fiquem em minh´alma e coração, tatuados com a tinta divinal do Seu amor.
Amém.”

“Como é feliz o homem constante no temor do Senhor! Mas quem endurece o coração cairá na desgraça.” (Provérbios 28:14)

Prof. Inácio Dantas


sábado, 11 de novembro de 2017

Seus sonhos, ao alcance das mãos!


Seus sonhos, ao alcance das mãos!

1.Sonho perfeito? Atenção, na prática a teoria é outra...
Multicolorido, lindo, grandioso... No nosso pensamento o sonho é assim, maravilhoso. Imperfeições? Defeitos? Fechamos os olhos e nem abordamos essas possibilidades.
Bem, um sonho é um sonho. Diametralmente exato, simétrico, perfeito. Se sonhamos ser uma estrela mundial, somos a maior, a mais alta, a mais brilhante... Se sonhamos ser alguém poderoso, somos o mais forte, um invencível. E se sonhamos ser ricos? Ah... Tio Patinhas é um coadjuvante. Nossa riqueza é imperscrutável, desmesurada, inacabável...
Num sonho, num bom sonho, tudo cabe. Nós somos seres melhorados, sem defeitos, retoques, moldados com uma fibra angelical, nutridos com saberes geniais e com uma bondade divinal...
Mas, e na vida real? Ao trazermos para o chão da realidade o teatro dos sonhos, o roteiro original é readaptado, os personagens recebem nova maquiagem e os holofotes nem sempre têm o mesmo lúmen. É que ao tomar forma o que sonhamos as coisas mudam, pois dependemos, não só da ação da natureza, mas sobretudo da ação de outros atores que vêm fazer parte do show.
Portanto, não lamurie-se se o seu sonho mais perfeito, ao ser construído, tiver alguns ajustes, senões e ressalvas. Isso ocorre com qualquer um de nós. Apenas, e tão somente, esforce-se para construí-lo o mais próximo possível da perfeição!
>> 
2.Sonhe e batalhe pelas coisas que vale a pena viver!
Quanto sonho banal!
Quanto sonho jogado fora!
Quantas pessoas a sonhar com isso e a realizar aquilo... Quando desperdício de minério cerebral, tecido pelos teares do tempo e, equivocadamente transformado em projeto de vida!
Sonhar com banalidades é jamais preencher a existência com o que tem valia. Sonho tem de ter consistência, essência, cor. Não devemos, portanto, perder noites com projetos impalpáveis, que nada agregam ao nosso crescimento intelectual, espiritual, material. Enquanto sonhamos com o incognoscível, sonhos possíveis deixam de ser gravados na nossa mente. E sonhos que se perdem são irrecuperáveis. Errar no enredo do sonho é assistir, placidamente, o início do fim.
Queira do seu sonho de vida a vida que sempre quis!
Direcione a lente e fotografe na íris do desejo a mais bela paisagem. Ela é o sonho. Dê-lhe sentido, razão, forma. Sejam simples ou sofisticados, belos sonhos devem ser registrados e materializados. Quantos podem ter um sonho assim, um diamante entre as mãos?
Transforme seu sonho em algo que o transforme. Batalhe incansavelmente por ele e, decididamente, viva pelo que vale a pena viver!

Do livro “Você, o Construtor dos Seus Sonhos” (Editora Vozes)
Inácio Dantas


domingo, 3 de setembro de 2017

Atitudes em alto nível: você subindo os degraus do pódio!


Atitudes em alto nível: você subindo os degraus do pódio!

 Você está sendo uma pessoa autêntica quando:
 -Não quer seriedade quando está brincando - nem brincadeira quando está sério.
 -Não fala de algo que ouviu falar; nem de ter visto o que os outros viram; nem de ter estado onde não esteve.
 -Vai atrás de tudo que acredita, mesmo sendo por todos desacreditado.
 -Oferece seu pão, esquecendo que também tem fome.
 -Une pessoas numa corrente de alegria, quebrando um a um os elos da tristeza.
 -Passa uma borracha nas linhas do ódio e as reescreve com a tinta do amor.
 -Diz exatamente o que quer dizer, não o que os outros querem ouvir.
 -Não faz promessa do que não pode cumprir; mas o que promete, cumpre.
 -Mais que nas palavras, tem bondade nas ações.

  - # - 

 Tenha uma vida ímpar. Não proceda atitudes deselegantes. Pense três vezes antes de:
 -Falar mal de quem não está presente para se defender.
 -Afirmar algo inverossímil ou que não pode provar.
 -Ofender pessoas para demonstrar força e poder.
 -Encenar uma mentira para camuflar uma verdade.
 -Revelar uma confidência que jurou segredo.
 -Culpar os outros por um erro que você cometeu.
 -Julgar sem provas; condenar sem julgamento; punir sem condenar.
 -Fazer do ódio uma arma para ferir quem ama.
 -Censurar alguém por suspeição, sem antes reunir provas reais.
 -Copiar uma ideia dos outros e dizer que é sua.

- # - 

 Você está subindo os degraus para atingir o mais alto nível, quando:
 -Para não ferir a honradez veste a couraça da honestidade.
 -Transmite indubitável certeza quando o momento é de dúvida.
 -Prefere o prejuízo e viver em paz, ao lucro e viver em desarmonia.
 -Enxuga as lágrimas da tristeza com o manto do sorriso.
 -Perde pequeno tempo com o entendimento para não ganhar séculos de intolerância.
 -Fala com a voz tênue da compreensão para não ouvir gritos de desavença.
 -Vive com a cabeça viajando em sonhos, mas com as mãos constrói realidades.
 -Traz o repouso da tranqüilidade quando há o despertar da violência.
 -Tem sensibilidade nas palavras para não magoar sentimentos.

 Inácio Dantas

 (do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)

domingo, 14 de maio de 2017

Emoções... Mãe, como transformar em fortaleza as emoções dos filhos?






Emoções... Mãe, como transformar em fortaleza as emoções dos filhos?

As emoções nos abre o sorriso, nos leva às lágrimas... Há que ter-se um freio, pois quando o galope das emoções é mais forte que o da razão, a queda pode ser fatal...

Emotividade de mãe, e por essência da própria mulher, revela-se ante situações que mexem com seus sentimentos, balançam seu coração e põem sua alma em elevação. Aí vemos a extensão da sua fé, a voz embargada, torrentes de lágrimas copiosas... Emoção de mãe é límpida, transparente. É possível ver o que ela sente por dentro, pois não consegue camuflar reações emotivas. Mistificar? Impossível: tudo nela é sincero e verdadeiro.
Mas, como ensinar o filho a ser “durão”, tendo em vista as durezas do mundo? São aulas valiosas ensinar a ocultar e reter alegrias, tristezas, amor, raiva, dor... Por certo elas se esforçam nessa tarefa, pois assim também se tornam mais fortes, manipulando e não sendo manipuladas. Porém, isso também depende dos alunos, afinal emoção não tem fórmulas nem é matéria “decoreba”, embora algumas técnicas possam ser aplicadas.
Emoções são subjetivas, abstratas, um estado moral que envolve modificações íntimas, bem como repercussões mentais de excitação. Pode-se aprender na teoria como “segurar a onda”, mas na prática pode correr um “rio caudaloso de água sentimental”.
É difícil o ser humano controlar certas emoções. O coração sente o que os olhos veem. Entretanto, aos olhos mais escolados, cuja estrutura física passou pelo processo de aprendizagem materno, é possível transpor a ponte e, do outro lado do sentimento olhar para trás e ver que certos fatos e imagens foram sabiamente contornados e superados.
Fortalecer o lado frágil do sentimento dos filhos é torná-los mais preparados para os embates da vida, pois o mundo lá fora, cheio de obstáculos, necessita de emoções recrudescidas, braços e mente fortes para vencê-los.

 



Mãe ensina, os mestres aperfeiçoam, a vida diploma. Não há lições velhas, mas aprendizes novos. O mundo é uma escola sob o céu azul, com bilhões e bilhões de alunos...

O que será de um filho que rejeita ou ignora os preciosos ensinamentos de sua mãe? O mundo é uma arena e digladiam-se aqueles que não têm embasamento, aqueles que não tiveram, desde tenra idade, o pulso forte de sua mãe, pois filho que ouve e aplica seus ensinamentos prepara-se para vencer batalhas rumo à aurora de uma vida feliz.
Ensinamentos de mãe não estão nas aulas que se ensinam nas escolas. São lições que quadro negro nenhum é capaz de registrar. Mestres, doutores, por mais graduados que sejam não ensinam, embora verdadeiramente muitas das lições de suas vidas acadêmicas foram aprendidas sob a ponta do indicador do dedo materno.
Tenha como referencial inconteste que ensinamentos de mãe não são para fazer “prova”, “tirar nota”, “passar de ano” ou ter diploma de bacharel. São ensinamentos de existência, de sobrevivência, de como “sair do casulo, criar asas, aprender a voar e buscar seu próprio céu para flanar”.
Então, abra os olhos e ouvidos e permita entrar sons e imagens expressadas por aquela que, por você, não mede esforços para repetir exaustivamente uma orientação, um conselho ou uma lição que norteará sua formação moral e intelectual.
Respeito, compreensão, tolerância, perdão, caridade, temor a Deus, ensinamentos de vida que transmite a mestre dos mestres, e que vão constituir a formação moral e social e moldar o caráter de, hoje uma simples criança, amanhã um honorável cidadão!
Prof. Inácio Dantas
(Livro: Mãe, Mulher: lições de vida para toda a vida!)


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Carnaval e trabalho: os desafios continuam.


Carnaval e trabalho: os desafios continuam.

Carnaval é tempo de festa, alegria, diversão. Mas é só isso? Em verdade, a vida segue, os desafios continuam e vencê-los é preciso para conquistas plurais. Três enfoques importantes para “chegar lá”:

Retire cada pedra que houver em seu caminho!
A todo momento elas serão lançadas à sua frente, vindas de todos os lados.
Deixá-las é vê-las amontoarem-se e você perder o passo e a direção. Depois pode ser tarde e ter que voltar, atrasando-se em vão.
Cada pedra representa um problema a ser transposto, uma fase da vida a ser ultrapassada, um desafio a ser vencido.
Quantas pedras serão lançadas em nosso caminho?
Quantas vezes teremos que nos desdobrar para vencê-las?
A vida é uma montanha de pedras, algumas irremovíveis... Mas, para usufruir as dádivas da vida temos que ter desprendimento e ousar removê-las!
Então, jamais desanime!
Caminhe o seu caminho, siga o seu trajeto, retire-as uma a uma com disposição incansável, pois ao final da caminhada verá seu esforço plenamente compensado!

>>

Não se compare a outrem julgando-se inferior.
Alto, baixo, grande, pequeno, não são medidas para aferir inteligências. Pequenas cabeças podem guardar cérebros grandiosos. Qualquer um de nós pode ter um talento inexplorado, prestes a aflorar.
Não se reprima nem se apequene achando que os outros são superiores.  
Acredite, isto sim, na potencialidade do seu intelecto.
Lá pode estar escondido uma pedra de diamante em estado bruto. Garimpe-a. Após burilada será capaz de revelar o mais luminoso fulgor. Lembre-se que “pequenos frascos é que guardam os melhores perfumes”.
Cresça “por dentro” - torne-se grande por fora – com aplicação, bom planejamento e trabalho constante.
Empenhe-se e realize, pois não importa ser maior ou menor, o que importa é ser grande nas realizações!

>> 

Não viva dia a dia, ano a ano, vendo o relógio do tempo contar as décadas e você tudo admirando, passivamente. Não seja apenas um distinto espectador, que quer construir, mas não move uma pedra do lugar.
Viver é mais do que o simples ato de inspirar o oxigênio para nutrir o sangue e alimentar a matéria física.
Participe! Dê uma pequena contribuição para essa obra gigante: a construção de um mundo melhor. E um mundo melhor se faz com pequenos atos, mas ações grandiosas: caridade, ajuda solidária, apoio para reerguer desafortunados.
Ajude! A quem divide o pão Deus multiplica suas bênçãos!
Queira! Queira ter, tenha muito, pois você pode ainda mais.
Seja capaz! Todos nós somos capazes quando queremos ser.
Creia em si! E você fará tudo que acredita que pode fazer!


Inácio Dantas

    (do livro “Pequenas Lições de Sabedoria” – Editora Vozes)

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Confusões? Fuja delas. A compreensão e a flexibilidade são chaves que abrem as portas para dias tranquilos e uma vida melhor!


Confusões? Fuja delas. A compreensão e a flexibilidade são chaves que abrem as portas para dias tranquilos e uma vida melhor!

Evite confusão!
Não ofenda, não provoque, nem dê ouvidos a ofensas e provocações. Vire as costas. Fuja. Não colecione dissabores. Pense: “Não é comigo” e distancie-se.
Economize confusão!
Se não puder, ao primeiro sinal dela mantenha a calma e em pé o equilíbrio da razão. Não avance para um mau desfecho e sim para a conciliação. A máxima diz que “mais vale um mau acordo do que uma boa demanda”.
Evite celeumas, tenham os motivos o valor que tiverem. Desavenças lhe darão muito a perder e nada a ganhar. Tampouco dê importância a ironias que possam derrubar seu bom astral.
Gaste seu precioso tempo em coisas que vão lhe proporcionar alegria e prazer. Seja partidário do sossego. Seu e dos seus.
Raciocine que é sempre um grande lucro perder um tostão do que enfrentar uma confusão!

>> 

Quando a humanidade se compreende o resultado é a harmonia entre as pessoas, a satisfação plena, a prosperidade.
Embora difícil, é simples o segredo para unir o mundo e deixá-lo fraterno: basta a compreensão.
Os elos da compreensão são feitos de ligas de aço maciço, extraídos das jazidas do amor. E podem ser moldados por milhões de mãos estranhas. Os elos unem pessoas de corações virtuosos e fecham-se em algemas indestrutíveis. Essas algemas não tem pátria nem bandeira, pois é obra universal.
A compreensão é como a boa semente em chão fértil: Propaga-se numa floresta do bem. Triplica-se, multiplica-se, toma o tempo, o espaço...
Viva feliz. Compreenda o próximo, faça-se compreender. Molde você também suas algemas da felicidade. 
Isso vale para uma pessoa, uma nação, o mundo!
                                                                             
>> 

Não desconte seus problemas nos outros. Para tudo há uma saída!
Ninguém tem culpa se as coisas para você não deram certo - se hoje seu dia foi improdutivo, amanhã poderá ser alvissareiro.
Todos nós temos nossas dificuldades, embaraços, etapas a cumprir. Às vezes planejamos bem e colecionamos um mal resultado. Ninguém acerta sempre, assim como os erros não são eternos.
Reorganize-se. Troque de ares. Busque arejar seu juízo para refrescar o discernimento. Não deixe detalhes mínimos conturbarem sua mente e trazerem problemas onde não tinha. Mas, ao surgirem, administre-os com técnica e paciência, sem que ninguém infira opiniões impróprias.
E não se esqueça jamais que Deus é fonte eterna de inspiração. Faça sintonia com Ele. Peça-Lhe, e Ele vai mostrar as portas onde estão as saídas que você procura!

 Inácio Dantas

 (do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)